Sexta, 6 Dezembro
22h30
Os ZEN surgiram no Porto em 1996, resultando da junção de Rui Silva e Miguel Barros, dos extintos No Creative Solution, André Hollanda e Jorge Coelho, ex-guitarrista dos Cosmic City Blues. Tocam no 4º Festival de Paredes de Coura com apenas 14 dias de existência. Depois de uma série de concertos um pouco por todo o País, gravaram o EP «Zen» em 1997 que serviria como um cartão de apresentação para o público e para a rádio. Os ZEN participam em vários festivais, ao lado de bandas como os Rage Against the Machine, L7, Rollins Band, etc . Em 1998, gravam o seu primeiro álbum, “The Privilege of Making the Wrong Choice” - gravado em Vigo nos estúdios Areamaster em Abril de 1998 e masterizado por Andy VanDette em NY nesse mesmo ano – que foi bem recebido pelo público e pela imprensa em geral, afirmando os ZEN como uma banda de culto, com uma considerável legião de fãs. "The Privilege of Making the Wrong Choice" - esgotado há muitos anos – foi reeditado dia 28 de Dezembro nos formatos CD e VINIL (pela primeira vez). No ano em que comemora 20 anos, é um absoluto clássico da música portuguesa dos anos 90. Nas palavras de Pedro Vindeirinho da Rastilho Records : "é mais uma bonita página da nossa história de duas décadas. Os ZEN formaram-se noano em que a Rastilho deu os primeiros passos. Lembro-me de ouvir este disco e ficar fascinado com a funky guitar do Jorge Coelho (que gravou uns anos antes o “Sugar Mountain” com os lendários Cosmic City Blues), aquele baixo (oh meu deus, que baixo!) do Miguel Barros, a fantástica bateria com escola jazz do André Hollanda, a voz, aquela voz, do Rui Silva. Tudo perfeito, tudo no lugar certo."
X