Sexta, 3 Abril
22h30
Filha do cantor de tango Horacio Molina e da actriz Chunchuna Villafañe, Juana Molina iniciou a sua carreira como actriz para se render à música ainda na década de 1990. É apontada como uma das fundadoras da folktrónica e incomparável mestre da pop misteriosa e experimental. Na sua passagem por Portugal, Molina leva a palco as canções de “Forfun” (2019), EP editado em outubro deste ano. “Forfun” é o epílogo de um incidente que colocou Juana Molina e a sua banda à prova. Em Julho em 2018, o grupo chegou ao festival Roskilde e descobriu que o seu equipamento tinha sido desviado - tudo o que tinha consigo era a guitarra de Juana -, decidiram avançar com o concerto usando apenas a guitarra, um teclado e uma bateria. As versões improvisadas das canções de Juana deixaram os fãs em êxtase por estarem a testemunhar um concerto tão especial e, desde esse dia, Juana e os seus colegas de banda passaram a incluir uma versão meio de punk de Paraguaya nos seus espectáculos. Meses depois, surge o EP “Forfun”, composto por quatro canções de Juana Molina que foram arranjadas e tocadas com o mesmo sentimento punk jovial que se fez sentir em Roskilde.
X