Quarta, 29 Junho
22h00
GONGORI é um conceito artístico de Gonçalo Alegre, músico multi-instrumentista, que ambicionava fazer um projeto diferente, no qual ele próprio fosse todas as partes do todo, escrevendo, compondo, tocando e produzindo. Poder fazer tudo sozinho, numa necessidade urgente de se pôr à prova, é o argumento que faz emergir GONGORI (e o que se prevê que sustente o futuro) com liberdade para o imprevisto e para a mudança, sem regras, sem depender de outros e onde tudo é possível. Tal como o nome que dá a uma das músicas “Dream and Create”, que integra o álbum de estreia "VAZIO", disponível desde 29 de abril, em formato físico e digital. There is Nowhere e Tuniya foram os singles de avanço deste primeiro trabalho de longa duração, e ao longo das 8 faixas, VAZIO traduz-se numa cornucópia de emoções, uma reflexão longa e profunda, somando parcelas da dicotomia entre os planos terreno e etéreo, vertendo-se em momentos na música, ora imersivos, ora de sublimação, numa vertigem que o músico controla com os instrumentos que parecem uma extensão do próprio corpo, ao criar rituais de encontros psicadélicos entre o pop rock, experimentação e eletrónica. Num regresso às origens e pegando em ideias e esquissos antigos, a maior parte do disco constrói-se a partir de linhas melódicas do baixo elétrico. VAZIO enaltece o percurso que o músico tem vindo a desenvolver enquanto produtor e instrumentista, tornando óbvio, na audição do álbum, o seu interesse crescente pelos sintetizadores e eletrónica, que explora em cruzamentos com o contrabaixo, a guitarra elétrica, a bateria, as percussões e até a voz. A vontade de lançar o disco VAZIO potenciou o processo criativo noutras direções, numa abordagem multidisciplinar, envolvendo o cinema, a música, a dança, a fotografia e as artes performativas. Além de um álbum, VAZIO também é, e com o mesmo nome, um filme (realizado por Gonçalo Alegre, com argumento de António Sanganha), e um documentário (realizado por Marco Alexandre e produzido por Gonçalo Alegre). A partir da música de GONGORI, foi também criada uma instalação artística - "See Clearly", com fotografia de Rafael Farias e dispositivo cénico de Diogo Mendes. VAZIO representa o portal de entrada e as primeiras boas vindas para o universo multidimensional de GONGORI.
https://www.youtube.com/watch?v=bTyA0hVgHRc
Libra é o nome artístico de Sónia Curcialeiro, uma cantora e compositora portuguesa com raízes cabo-verdianas e angolanas. Exposta à Bossa Nova pela avó materna, Sónia cedo se apaixonou pela música de nomes como Alicia Keys, Amy Winehouse e Tito Paris. Com uma perspectiva experimental única de R&B, Soul e Hip-Hop e uma sonoridade distinta formada pelo trabalho em estreita colaboração com o produtor Soundskillz, Libra apresentou seu som sombrio, sensual e desafiante ao mundo com seu primeiro single "Neck Gold", que conquistou a atenção internacional. Atualmente tem 4 singles lançados e um EP de 6 músicas que se intitula de “Sleepwalker”, o retrato da vida de uma artista em ascensão na sua busca por paz de espírito
https://www.youtube.com/watch?v=mYELIBmRGVU
X