Quinta, 20 Maio
19h30
Todos os sons em “Life in Warp” foram criados a partir de gravações de campo de sons de seres vivos que estão ou já estiveram em perigo de extinção desde o início do Antropoceno. Estes sons sofreram processos extremos de manipulação digital para serem transformados em elementos musicais. As vozes e sons destas espécies ameaçadas são assim recontextualizadas e retiradas dos seus ecosistemas em colapso para um novo mundo de música eletrónica orgânica. Uma nova forma de conservação da “vida” pelo meio digital, criando uma nova chance para os seus gritos serem ouvidos de uma maneira diferente, até que um dia esta tecnologia sofra o mesmo destino que os ecossistemas destas espécies e se torne obsoleta. Estamos perante a maior crise que a humanidade alguma vez encarou. Existem mais de 1 milhão de espécies em vias de extinção. Desde 1970 a Terra perdeu 60% da sua vida animal selvagem. Estamos a viver a 6ª extinção em massa. Precisamos urgentemente de parar, ouvir, imaginar e agir. Temos tudo a perder, por isso vamos lutar com tudo o que temos. O relógio está a contar.
Nos meses de maio e junho, as 12 salas de programação de música do Circuito em Lisboa vão abrir portas, pontualmente, para apresentar uma programação cultural ao vivo que envolve centenas de artistas e outros profissionais da música e resulta de um projeto conjunto apoiado pela Câmara Municipal de Lisboa. Agenda completa em https://lisboa.circuito.live
X